Posted 8 mesi fa with 710759 notes

(Fonte: m-e-t-r-i-ca, via faz-sonhar)

Posted 9 mesi fa with 3646 notes
“Eu daria tudo pras coisas voltarem a ser como antes. Mas não é assim que funciona a vida, pessoas mudam, pessoas conhecem outras pessoas, pessoas te trocam e pronto.”
—(via psicografar)

(Fonte: errografa, via psicografar)

Posted 9 mesi fa with 1232 notes
“Sabe todas as coisas que você já leu sobre o amor até aqui? Esquece. Quando acontecer com você, de verdade, absolutamente nada daquilo fará a menor diferença.”
—depois dos quinze (via faz-sonhar)

(via faz-sonhar)

Posted 9 mesi fa with 384 notes
“Eu não sou romântica, eu sou burra. Medrosa. Só isso.”
Tati Bernardi. (via docidez)

(Fonte: v0ceeumapartedemim, via faz-sonhar)

Posted 1 anno fa with 48951 notes
considerações sobre o grito:

nem tudo que sai da minha boca faz sentido. nem tudo que sai é em bom tom. nem tudo que sai é puro. e, eu juro, sei bem quando devo aumentar o tom, mas é que às vezes eu perco esse dom.

(Fonte: licantrupus, via faz-sonhar)

Posted 1 anno fa with 418 note
“Uma definição não encontrada no dicionário: ‘Não ir embora’: Ato de confiança e amor.”
A menina que roubava livros. (via matheussbarbosa)

(Fonte: sibilar, via matheussbarbosa)

Posted 1 anno fa with 6036 notes
“Não há quem não feche os olhos ao cantar a música favorita. Não há quem não feche os olhos ao beijar, não há quem não feche os olhos ao abraçar. Fechamos os olhos para garantir a memória da memória. É ali que a vida entra e perdura, naquela escuridão mínima, no avesso das pálpebras. Concentramo-nos para segurar a dispersão, para segurar a barca ao calor do remo. O rosto é uma estrutura perfeita do silêncio. Os cílios se mexem como pedais da memória. Experimenta-se uma vez mais aquilo que não era possível. Viver é boiar, recordar é nadar.”
—Fabrício Carpinejar. (via flor-de-jade)

(Fonte: c-a-n-a-r-i-o, via flor-de-jade)

Posted 1 anno fa with 478 notes
“A demora do tchau é equivalente ao quanto a pessoa quer ficar.”
—Soulstripper (via jrbarreto)

(Fonte: re-novada, via jrbarreto-deactivated20130519)

Posted 1 anno fa with 16318 notes

neuroticofwar:

 

Posted 1 anno fa with 19811 notes
“Desejo a você: Cheiro de jardim. Namoro no portão. Domingo sem chuva. Segunda sem mau humor. Sábado com seu amor. Filme do Carlitos. Chope com amigos. Crônica de Rubem Braga. Viver sem inimigos. Filme antigo na TV. Ter uma pessoa especial - e que ela goste de você. Música de Tom com letra de Chico. Frango caipira em pensão do interior. Ouvir uma palavra amável. Ter uma surpresa agradável. Ver a Banda passar. Noite de lua cheia. Rever uma velha amizade. Ter fé em Deus. Não ter que ouvir a palavra não. Nem nunca, nem jamais e adeus. Rir como criança. Ouvir canto de passarinho. Sarar de resfriado. Escrever um poema de amor, que nunca será rasgado. Formar um par ideal. Tomar banho de cachoeira. Pegar um bronzeado legal. Aprender um nova canção. Esperar alguém na estação. […]Uma festa. Um violão. Uma seresta. Recordar um amor antigo. Ter um ombro sempre amigo. Bater palmas de alegria. Uma tarde amena. Calçar um velho chinelo. Sentar numa velha poltrona. Tocar violão para alguém. Ouvir a chuva no telhado. Vinho branco. Bolero de Ravel. E muito carinho meu.”
Carlos Drummond de Andrade, em “Síntese da Felicidade”    (via flamejar)

(Fonte: doquegosto, via faz-sonhar)

Posted 1 anno fa with 5154 notes
“Quando você tenta o seu melhor, mas não tem sucesso. Quando você consegue o que quer, mas não o que precisa. Quando você se sente cansado, mas não consegue dormir. Quando você perde algo que não pode substituir. Quando você ama alguém, mas é desperdiçado. Pode ser pior?”
—Coldplay. (via conjuntar)

(Fonte: decifro, via faz-sonhar)

Posted 1 anno fa with 113463 notes
Home Ask Archive Credit « back